29 de setembro de 2017

adonisesantiniA Medicina e a Patologia Internacional lamentam a perda, neste último 28 de setembro, do médico patologista argentino Dr. Eduardo Santini de Araújo, um dos grandes representantes da Patologia óssea e de Partes Moles, reconhecido mundialmente pela sua excelência profissional, ética e humanidade. Deixa esposa, Romina, filhos (Pedro, Margarita, Gala, Martina e Julian) e neta (Carmina), além de saudosos amigos e tantos profissionais a quem influenciou e serviu de exemplo pelo seu conhecimento, dedicação e generosidade.

Dr. Eduardo Santini foi Presidente da International Academy of Pathology (IAP) entre 2014-2016. Foi grande amigo de Dr. Adonis Carvalho com quem compartilhava da visão humanística e dos ideais no desenvolvimento da especialidade, além do gosto pela ciência e pelas artes. Ao lado, foto dos dois patologistas durante um dos eventos da USCAP.

Santini contribuiu decisivamente para a criação e reativação de várias divisões latino-americanas da IAP. Sua preocupação era tornar a IAP mais solidária e mais inclusiva e desenvolver uma maior interação acadêmica entre todas as divisões. Ocupou entre muitos cargos o de Professor do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Buenos Aires; Professor Adjunto/Presidente de Anatomia Patológica, na Faculdade de Odontologia da Universidade de Buenos Aires; Chefe do Serviço de Patologia do Hospital Militar Central; e Investigador Associado do Departamento de Radiobiologia da Comissão Nacional de Energia Atômica. Foi membro fundador das mais prestigiadas sociedades nacionais e internacionais na área de patologia ortopédica e geologia médica.

Um médico exemplar, humanista e defensor da ética, deixa seu exemplo grandioso para tantos, no seu conhecimento, dedicação, simplicidade, bondade e luta pelos ideais, além de um legado de amizade para quem o conheceu de perto.

Entre os principais prêmios que recebeu estão:

“Gold Medal”, IAP, 2017
“Prof. Dr. Carlos Ottolenghi “, Academia Nacional de Medicina de Buenos Aires, 2015
“Medal of Honors”, Instituto das Forças Armadas de Patologia, 2000 e 2009
“Enrique Finochietto”, Academia Nacional de Medicina de Buenos Aires, 1985
“Domingo Brachetto Brian”, Academia Nacional de Medicina de Buenos Aires, 1979, 1983, 1988, 2012
“Luis A. Tamini”, Sociedade Argentina de Ortopedia e Traumatologia, Bienais 1980-1981 e 1998-1999