O Laboratório de Patologia Adonis Carvalho, pioneiro em diagnóstico patológico em Pernambuco e no Brasil, iniciou sua história ainda em 1955 através da atuação do médico patologista Dr. Adonis Reis Lira de Carvalho, que inspirou e preparou gerações de patologistas com atividade em Pernambuco e fora do Estado, incluindo as médicas Dra. Maria do Carmo Carvalho de Abreu e Lima e Dra. Paula Abreu e Lima Brito, filha e neta respectivamente, que hoje integram sua equipe. Teve como modelo de procedimentos o Departamento de Patologia do M.D. Anderson Cancer Center, da Universidade do Texas, em Houston, onde Dr. Adonis Carvalho fez Residência Médica, como bolsista do Institute of International Education de New York, Nova Iorque, EUA, 1954.

Referência em diagnóstico de qualidade e conhecido pelo seu papel inovador dentro da Patologia, foi reconhecido no Exterior quando a International Academy of Pathology, comemorando o seu Centenário, em Québec, Canadá, publicou um livro relatando os últimos 100 anos da Patologia no Mundo, dando-lhe o devido crédito pelo trabalho desenvolvido no Brasil (ver International Academy of Pathology: Scientific Medicine in the Twentieth Century, Robin A. Cooke, Ed., 2006, p. 55-6.) O Laboratório Adonis Carvalho é, também, referência no exame intra-cirúrgico para o diagnóstico imediato (congelação), que permite a conduta pertinente sem necessidade de uma segunda cirurgia para o tratamento definitivo.

Sua equipe médica, que já alcança a terceira geração, é tradicionalmente conhecida pela excelência em diagnóstico e pela formação profissional de âmbito internacional e por isso, conquistou lugar de destaque em consultoria histopatológica no Brasil. Investindo sempre na qualidade, conta com equipamentos modernos e de alta qualidade, a exemplo do criostato, considerado padrão-ouro para a realização de exame de congelação.

Embora não tenha como propósito específico a formação profissional nem a pesquisa, o modelo dado ao Laboratório permitiu o treinamento de vários patologistas, assim como fornecimento de subsídios para trabalhos de teses acadêmicas de destaque. As atividades realizadas no laboratório têm como base a intensa vida acadêmica a que se dedicam seus integrantes: Dr. Adonis Carvalho, Professor Emérito pela UFPE, ex-presidente da International Academy of Pathology, único sul-americano a assumir tal cargo, ex-presidente do Sociedade Latino-Americana de Patologia, e ex-presidente do CREMEPE (Conselho Regional de Medicina de Pernambuco); Dra. Maria do Carmo Abreu e Lima, Professora Associada de Anatomia Patológica da UFPE, Mestre e Doutora em anatomia patológica pela UFPE, e ex-presidente da Sociedade de Patologia de Pernambuco; e Dra. Paula Abreu e Lima, que concluiu sua residência médica em anatomia patológica no Brigham and Women’s Hospital, da Universidade de Harvard, em 2007, considerado um dos melhores programas dos Estados Unidos. Dra. Paula Abreu e Lima é a única patologista do estado a possuir o título de especialista americano – American Board of Pathology. Esse título lhe permite exercer livremente a atividade de médica patologista nos EUA.